11 de May de 2016 |
Por

COLÔMBIA! QUASE QUE NÃO VOLTO!

Candelaria[Bogotá! Foto: Juju Webel]

É o que dizem: o único risco de viajar para Colômbia é você querer ficar por lá! E eu preciso admitir que é a mais pura verdade!

Neste post eu tenho a intenção de chamar atenção das pessoas para um país maravilhoso, que tem uma fama que não corresponde mais a realidade, e ainda vou aproveitar para dar umas dicas! 🙂

Iniciei minha viagem pela Colômbia no dia 4 de abril pela cidade de Cartagena, no litoral, bem ao norte do país. Comecei exatamente do jeito que eu gosto: sem planejar muito! Minha única certeza era que eu precisava estar em Bogotá no dia 21 para encontrar duas amigas que iam até lá passar o feriado comigo! De resto… eu não tinha a menor ideia! Isso é legal (para quem tem tempo e não fica nervoso sem saber onde vai no dia seguinte) pois quando você chega num lugar, começa a conversar com as pessoas sobre o que tem para fazer naquele país e aí sim, pode programar a visita aos pontos mais legais e que estão de acordo com o seu orçamento, tempo disponível e interesses!

Colombia

Com 50 milhões de habitantes, a Colômbia possui a terceira maior população da América Latina, depois de Brasil e México, e a segunda maior da América do Sul, depois do Brasil. A Colômbia é o único país da América do Sul banhado por dois oceanos, o Oceano Pacífico e o Mar do Caribe que é ligado ao Oceano Atlântico.

Quando você conta para as pessoas (especialmente para a sua família) que vai para a Colômbia, todo mundo surta! Já começam a separar o dinheiro do resgate porque você fatalmente vai ser sequestrada pelas FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia)! Além disso, muita gente quando ouve a palavra ‘Colômbia’ já pensa logo em drogas, mais especificamente em cocaína. Ok, ambos os temores seriam muito cabíveis até 10 anos atrás. O governo do país vem fazendo um esforço danado para sumir com este estigma de uma Colômbia com cidades violentas, guerrilhas, tráfico de drogas, mortes, sequestros. Hoje é absolutamente possível (e seguro) visitar o país sem preocupação.

Evidentemente que você não precisa se embrenhar na selva Amazônica, ou nas regiões mais longínquas do país para passear, assim como você não faria em nenhum país estranho e até mesmo no Brasil! Mas eu garanto para vocês, estive lá e conheci um número altíssimo de estrangeiros viajando pelo país, vindos de todos os cantos do mundo, muitas vezes sozinhos (assim como eu, porque siiiim, eu viajo sozinha pacas, tem um post aqui ó exatamente sobre isso!), que não tiveram sequer uma má experiência relacionada à segurança. As principais cidades do país estão totalmente preparadas para receber turistas, com centrais de informação, hotéis (dos mais simples aos mais luxuosos), hostels, restaurantes, lojas, baladas…. etc. Então vamos lá!!

Como eu disse, cheguei na cidade de Cartagena! Cartagena das Índias é uma cidade histórica, a parte central é murada com casinhas coloridas estilo colonial, muito charmosa. A cidade transpira história e rende ótimos cliques!

Nas ruas de Cartagena

O chapéu não é charme gente! Juro que é uma necessidade! Em Cartagena o calor é surreal!!! De derreter a sola da sandália!!

Cartagena das indias

Ruas cartagena[Ruas coloridas e movimentadas de Cartagena das Índias! Fotos: Juju Webel]

Dicas de Cartagena:

  • Hospede-se próximo ou dentro da cidade murada. Há muitas opções de hostels e hotéis que podem ser reservados pela internet com antecedência por sites como Booking.com e Hostelworld. Não há muito o que fazer além desta área.
  • As praias da cidade não são muito bonitas, embora estejam no mar caribenho. Há passeios de barco para as ilhas e praias vizinhas como a Playa Blanca que são bem fáceis de contratar!
  • Ande! Ande, ande, ande! Principalmente dentro da cidade murada. Perca-se!
  • Os táxis em Cartagena são baratos e em enorme quantidade! Para chegar e sair do aeroporto vale bastante a pena! O terminal de ônibus é mais distante, se você for muito disposta pode pode ir de ônibus urbano até o terminal rodoviário, mas é longe e o trânsito é um caos!
  • Experimente as comidas de ruas, como as arepas e as frutas vendidas pelas Palenqueras!

Palenqueras[As palenqueras de Cartagena, trazem a herança africana no sangue e nos costumes! Foto: Juju Webel]

  • Façam um Free Walking Tour pelo centro velho, é a melhor forma de conhecer a cidade! Eu faço esse tipo de passeio em todas as cidades que eu visito, recomendo muitíssimo! E o melhor: não tem preço fixo! Você paga quanto achar que vale!

Saindo de Cartagena, subi de van (contratei o serviço no hostel) até a cidade de Santa Marta, mais para cima ainda, ao nordeste do país. Santa Marta é normalmente o ponto de partida para quem quer ir ao Parque Tayrona. O Parque é uma reserva nacional, um paraíso na terra! Lá eu tive uma experiência muito doida, dormi uma noite numa rede, praticamente ao ar livre e tomei banho no magnífico Mar azul-turquesa do Caribe!

Tayrona[Depois de duas horas de trilha essa recompensa! Foto: Juju Webel]

Dicas de Tayrona:

  • Pesquise bastante antes de ir para ter certeza que é o seu tipo de passeio! No parque não entra nenhum tipo de veículo então toda circulação lá dentro é feita a pé! Prepara-se para trilhas! Não são trilhas difíceis e por ser uma área de floresta tem sempre bastante sombra!
  • Leve repelente e protetor solar!
  • Se for passar a noite nas redes, leve roupas quentes e uma coberta, a noite é o maior frio!
  • O lugar é de uma natureza maravilhosa! Vale a pena de mais! Eu que não sou lá muuito “roots” adorei a experiência!

Parque Tayrona

Chato, bem chato mesmo…

1

Dormi em uma dessas redes! Eu avisei que era “roots”! Mas eu estava acompanhada de três amigas alemãs que eu conheci um dia antes, que tornaram a experiência ainda mais legal!! Passei um friozinho, é verdade, mas de resto…. numa boa!!

Depois de passar dois dias e uma noite neste paraíso, retornei para Santa Marta para descobrir qual seria o próximo destino! E de lá, parti de ônibus mesmo (com duas das minhas novas amigas alemãs) para um outro pedaço de paraíso: Palomino! Eu não conseguia conceber a ideia de sair do litoral para ir para a cidade grande, pois eu ainda tinha planos de conhecer Medellín, Bogotá, Cali e Salento (anota aí, pois estes são os destinos mais procurados, famosos e seguros para viajar dentro do país) mas a vontade de ficar na praia falou mais alto! Então eu abri mão de Salento e Cali para ficar morgando por 4 dias em Palomino. Vejam se vocês entendem o porquê:

Praia de Palomino

Colombia Palomino

Deu pra entender, néam?! Huheuehueh

Dicas de Palomino:

  • Eu acabei ficando somente nesta praia, mas esta região da Colômbia tem lugares fantástico como é o caso de Punta Gallinas, com paisagens arrebatadoras! Se tiver tempo e din din, vale a pena!
  • Fiquei num hostel na frente da praia, que revelou-se mais barato e melhor do que os hostels que estão para dentro do vilarejo. Sim, é um vilarejo, não tem nada além da praia e do rio que desemboca no mar. Se você gosta de sossego e tranquilidade, aqui é o lugar para você!
  • Prepare-se para ficar sem Wi-fi! É muito comum não haver conexão na cidade!
  • Faça o passeio tubbin que consiste em descer o rio numa bóia até o mar! Dica: pergunte se o rio está cheio o suficiente para a brincadeira, se não vai ser mais perrengue que diversão (experiência própria! Hehehe)

Bom, em algum momento a mamata precisa acabar! Depois de resolver meu cronograma e aceitar que não teria tempo de conhecer Cali e Salento, dei uma passada rápida em Cartagena de novo e lá voei para Medellín. Existe uma cia aérea na Colômbia chamada Viva Colômbia que oferece vôos baratíssimos para diversas capitais colombianas, muitas vezes as passagens de avião são mais baratas que as de ônibus!!!

Cheguei a Medellín! Depois de curtir adoidado o Mar do Caribe, não tive muita dificuldade em adaptar-me à cidade não! Em Medellín existe um metrô de superfície super fácil de usar que te leva a todos os lugares! O metrô é limpíssimo, super organizado e é um orgulho para a cidade e seus habitantes! Medellín é a única cidade da Colômbia que tem metrô! Minhas impressões sobre esta agitada cidade do Estado de Antioquia estão aqui neste post lá no meu outro Blog!

Dicas de Medellín:

  • Como disse, a cidade possui um metrô bem abrangente, seguro e barato! Use e abuse deste meio de transporte que sem dúvida é o melhor que você pode fazer!
  • Assim como sugeri em Cartagena, faça um Free Walking Tour aqui também, é fantástico! Leva 4 horas e você vai ter uma aula de história muito emocionante! É necessário agendar com antecedência de pelo menos um dia!
  • Vá ao Jardim Botânico! Lindo, enorme e ao lado da estação do Metrô Universidade.
  • Vá ao Museu de Antioquia, além de outras peças de arte você vai encontrar quadros e esculturas lindíssimos do Fernando Botero, que é um renomado artista colombiano. Em frente ao museu há uma praça com inúmeras esculturas do artista!

Fernando Botero[Uma das várias esculturas do Botero em frente ao Museu!]

  • Na estação de Metrô Universidades, desça e dê um passeio no complexo de museus, planetário, cafés. É moderno e super cultural!
  • Você pode hospedar-se no bairro El Poblado que é o bairro badalado da cidade, mas fica longe do metrô e tudo tende a ser mais caro. Eu fiquei num hostel no metrô Suramericana e não me arrependi! Bairro residencial, tranquilo e super acessível!

Medellin[A lua sobre o relevo que contorna a cidade de Medellín! Foto: Juju Webel]

Um passeio muito legal para fazer quando se está em Medellín é ir até Guatapé. Uma cidade que fica a umas duas horas de ônibus (é muito fácil chegar, saem ônibus do terminal norte a cada meia hora) de Medellín. Esta cidade foi parcialmente inundada para a construção de uma represa, ali existe uma pedra na qual é possível subir para ver uma paisagem linda! Mas prepare-se! São quase 800 degraus! Eu quase morri, mas valeu a pena!!

Pedra Guatape

Precisei subir tuuuuudo isso, para ver isso:

Guatape

Mas valeu a pena, viu?! 🙂

Depois de 4 dias em Medellín peguei um ônibus e fui para Bogotá, infelizmente, meu último destino na Colômbia. Não recomendo muito a viagem de ônibus, viu? No Chile e no Peru eu viajei de ônibus por muitas horas (o recorde foi no Peru: 27hs!) em ônibus hiper confortáveis, mas a viagem de 10 horas de Medellín a Bogotá foi bem penosa. O ônibus é uma geladeira, as poltronas não são hiper confortáveis e a estrada super cheia de curvas…. meio sufoco. Se você não tem muito tempo ou não tem muita disposição, não recomendo, vai de avião!

Bogotá é a capital da Colômbia, cidade grande como São Paulo. Para ser honesta eu fiquei concentrada no bairro La Candelária que é incrível! É um bairro histórico, cheio de museus, restaurantes, bares e muitos grafites! A arte de rua é a principal atração do bairro, artistas de todo o mundo vão para Bogotá para colorir as fachadas com pinturas que normalmente trazem críticas sociais. Muito legal!

Grafite Bogota

Dicas de Bogotá:

  • De novo eu digo: faça um Free Walking Tour! Principalmente se você estiver hospedada neste bairro La Candelaria! Aqui, recomendo especialmente o tour que te leva para conhecer os grafites! Sai diariamente da praça com o espelho d’água às 10hs da manhã e às 14hs.
  • Não tem metrô em Bogotá, para se locomover você pode utilizar os taxis ou o sistema de ônibus articulados.
  • Não deixe de ir no Museu Botero e se você se interessa pelo assunto, no Museu do Ouro também!
  • Este bairro La Candelaria, não é o bairro mais seguro do mundo! A noite, não é aconselhável andar por ali sozinha ou sozinho! Mas também não é nada para ficar apavorada ou deixar de curtir, eu mesma zanzei por lá até umas 9hs da noite, sempre prestando atenção em tudo, mas nada aconteceu! De qualquer forma, prefira pegar um táxi para andar por ali a noite!

Bogota[Bairro La Candelária, centro histórico de Bogotá. Foto: Juju Webel]

  • Não deixe de subir no Cerro de Monserrate, você sobe de funicular ou teleférico e vê a cidade tooooda lá de cima! Espetáculo!

Cerro Monserrate

Doida varrida, feliz por estar na Colômbia!!

Eu gostei tanto, mas tanto da Colômbia que me senti na obrigação de fazer essa campanha #partiucolombia aqui no Brasil! Não é justo um país com tanto a oferecer, continuar sofrendo com os estigmas do passado, toda a questão relacionada às drogas, guerrilhas, Pablo Escobar, etc, é um passado triste para este povo que fica extremamente feliz ao receber turistas! A Colômbia merece uma visita!

Espero ter inspirado vocês para suas próximas férias! Se tiverem qualquer pergunta ou comentário sobre a viagem, ficarei feliz em responder!

 

1 Comentário
Categorias: CONVERSINHA

Comments

  1. heloisa Patrocinio says:

    Boa tarde !

    Adorei sua apresentação e seus comentários positivos sobre a Colômbia, gostaria muito de obter algumas informações com você se possível é claro.

    Aguardo retorno .
    Obrigada.

    Heloísa Patrocínio
    Funcionária Publica
    Belo Horizonte/Minas Gerais

Speak Your Mind

*