6 de January de 2017 |
Por

DESCOMPLICANDO CO WASH | E MEUS PRODUTOS FAVORITOS

pravilno-umivanje-las

Se você está sempre por aqui, sabe que sou adepta do low-poo há anos, afinal sempre comento sobre essa técnica nos posts sobre cabelos. Outra técnica que sou super adepta e ajuda muito na saúde dos meus fios é o co-wash, mas pouco falo sobre ela.  Para tirar o atraso, aqui esta algumas explicações básicas sobre ela e alguns dos produtos que gosto muito de usar. Antes de continuar lendo, se não conhece as técnicas de no/ low poo, recomendo que leia esse post antes para as explicações a seguir fazerem mais sentido.

o que é e quais os benefícios?

Como o próprio nome diz, Co-Wash (conditioning washing) é uma lavagem com condicionador. A principal diferença da lavagem convencional é que esse tipo de limpeza é mais leve, não agride tanto o cabelo, preserva sua oleosidade natural e nutrientes, já que as cutículas dos fios não são tão abertas (lembram que o pH do condicionar é mais acido e não abre as cutículas?!). Resultado: cabelo mais saudável, hidratado, sem frizz, macio e bonito!

quem pode fazer?

Lisos, ondulados, encaracolados, crespos, quimicamente tratados, cabelos naturais, adeptos ou não de no/low-poo… todo mundo pode apostar no co-wash. A única ressalva são para pessoas que tem problemas no couro cabeludo, como saboreia, por exemplo, nesse caso a técnica deve ser acompanhada por um especialista. Apesar de ser uma técnica mais usada para os adeptos de no/low-poo, quem no segue essas pratica também pode

que produto pode ser usado?

Não é qualquer tipo de condicionador que pode se usado. Usar um condicionador comum pode acarretar problemas no couro cabeludo, como seborreia e queda de cabelo. Os condicionadores para co-wash além de não possuirem derivados de petróleo na formula, condicionadores para co-wash possuem agente limpantes/ surfactantes, como Stearamidopropyl Dimethylamine, Cocamidopropyl Betaine.

precisa intercalar com lavagens com shampoo?

Depende. Os adeptos de no poo, dispensam totalmente o uso de shampoo. No meu caso, que  pratico low-poo, gosto de intercalar o co-wash com lavagens com shampoo sem sulfato, mas é uma preferência pessoal, ja que controlo as substancias dos produtos que aplico no cabelo, na teoria poderia fazer apenas o co-wash, mas na prática, acho que eventualmente, depois de duas ou três semanas meus fios começam  a pesar e ficar com aparência oleosa . Agora, se você não pratica no/ low-poo, necessariamente ira precisar intercalar uma lavagem de co-wash com uma lavagem com shampoo, pois condicionador não consegue sozinho remover algumas substâncias de outros produtos para o cabelo que voce pode estar usando, como silicones e  óleos minerais.

preciso usar condicionador depois do co-wash?

Depois de aplicar o condicionador da raiz as pontas para lavar o cabelo, é recomendado aplicar novamente apenas nas pontas para condicionar. Pode ser o mesmo produto ou outro condicionador.

os segredos para dar certo!

Depois de muito tentar e errar, entendi que o con-wash é maravilhoso, desde que você acerte a técnica. E esses são minhas três dicas de ouro par voce que quer começar no co-wash: o cabelo precisa estar super encharcado, precisa massagear bastante o couro cabeludo e colocar a quantidade certa de produto. Explico! O cabelo precisa estar super molhado para o condicionador espalhar melhor e acima de tudo é essencial massagear bem o couro cabeludo para que haja uma higienização efetiva. Como o produto não possui os agentes fortes de limpeza que fariam a limpeza química, é preciso massagear bem os fios para fazer uma limpeza física/ mecânica (pela fricção dos dedos). Por isso, é uma limpeza que não da para ter pressa. Além disso, a quantidade de produto usada  é maior que shampoo convencional.

meus produtos favoritos

Já testei muitos produtos dessa categoria, gostei de vários. Mas no caminho me deparei com alguns que realmente se destacaram. Esses são quatro deles. Alem desses, tem outro que gosto demais, mas não tenho ele agora que e esse mousse da Macadamia Natural Oil, tem uma resenha completinha dele aqui.

img_0272

img_0266

img_0271

O Wen foi o primeiro produto que testei para Co-wash, antes mesmo de começar com o low-poo. E desde então não posso ficar sem ele, perdi as contas de quantas vezes comprei. A fórmula é rica em matérias primas naturais, a textura e bem grossa, apesar de não ter silicone, ele “desmaia” os fios, desembaraça maravilhosamente e deixa o cabelo super saudável, brilhante e macio. Ele não faz espuma nenhuma e proporciona uma sensação refrescante no couro cabeludo devido aos óleos de menta e alecrim, aliás a fórmula é maravilhosa. presente na composição. Tem vários cheirinhos diferentes, meu preferido é o de figo. Pode ser usado também como leave in também.

img_0263

img_0270

A Briogeo foi uma marca que descobri recentemente e me apaixonei, também usam muita matéria prima natural, o que eu amo e tenho procurado ultimamente nos produtos que uso. O Be Gentle, Be Kind  é um co-wash de avocado, quinoa, óleo de rosas, argan, coco e vitamina E. A textura dele é cremosa que não faz espuma. O melhor para controlar o meu frizz.

img_0265

img_0268

O Clenasing Conditioner da Grow Gorgeous é um co-wash que estimula no crescimento do cabelo, ele é rico em pantenol e óleo de crambe, uma planta mediterrânea, que ajudam na elasticidade dos fios. Deixa o cabelo forte e dimunue a quebra. A textura é um creme bem levinho que faz um pouco de espuma, na verdade ele é bem parecido com um shampoo. Inclusive ele não desembaraça o cabelo, preciso usar outro produto em seguida. Essa é uma ótima opção para quem quer começar com técnica de co-wash.

img_0264

img_0269

O Co-Wash da Bio Extratus  também é uma boa opção para quem quer começar com técnica. A textura é gel e me lembra bastante um shampoo, acho ele bem hidrante. Toda a linha foi desenvolvida especialmente para cabelos cacheados. Tem um resenha completa dessa linha aqui.

2 Comentários
Categorias: CABELOS

Comments

  1. Kuchiki Rukia says:

    Esse da WEN nao deu problema pra vc? Li bastante materia, que a WEN estava levando processo e tdu. Por causar alguns efeitos indesejados.

    • Não tive problema nenhum, uso há anos e conheço muitas pessoas que usam também. Mas é verdade que eles tem um processo coletivo.

Speak Your Mind

*