20 de January de 2016 |
Por

PARA MAMÃES | BEBÊ MIMADO?

BEBE-MIMADO

Perdi as contas de quantas vezes ouvi que não devo ficar segurando a Luisa no colo! Todo mundo quer dar palpite. Tem até quem fale que tem que treinar o bebê para ser independente. Como assim? Isso não existe. Bebês são totalmente dependentes! Força-lo a ter independência muito cedo, vai torná-los mais dependentes. Explico! Atender o bebê rapidamente assim que ele chora, segurá-lo, e amamentá-lo sob demanda, acalmá-lo,  mostra ao bebê que ele está em um ambiente seguro que ele pode confiar. Esta sensação de segurança, proporciona à criança um desenvolvimento com confiança para enfrentar o mundo com independência. Por isso, dar ao bebê o que eles precisam, garante que eles sejam pessoas mais independentes no futuro.

Algumas linhas de educação encorajam os pais a condicionar o bebê a entender que as necessidades dele não serão sob demanda porque os adultos estão “sob o controle” da relação, então devem definir quando o neném deve comer, ou quando deve ficar no colo. Pessoalmente, desaprovo completamente essa forma de educar. Claro que é saudável para o bebê ter uma rotina, mas isso não significa que ele vai dormir as 19h, mamar todos os dias de três em três horas, às vezes ele vai ter fome antes, às vezes depois., não tem dias que temos mais fome, outros que temos menos fome?! Eles também. O mesmo acontece com colo, assim como nós tem momentos que os bebês precisam de mais atenção. Quando o bebê é pequeno ele quer ser carregado a grande parte do tempo, na verdade eles começam a ter consciência individual a partir dos quatro meses, em outras palavras, isso significa que ele e a mãe são pessoas diferentes após os quatro meses. Então ficar ninando no colinho é tudo que eles querem!

É importante e dificílimo saber dosar o quanto ficar juntinho do bebê e quanto deixá-lo ter um tempo só dele, errei para mais e para menos até entender a personalidade da minha filha. Ela está com quase seis meses, e há pouco tempo começou a se distrair sozinha, são minutinhos essenciais que ela usa para “se descobrir”, mas até quatro meses ficávamos juntas praticamente o tempo todo.

Então, não fique preocupada em mimar seu bebê, eles precisam de todo carinho e atenção que você pode dar. Crianças com menos de doze meses não tem a capacidade cognitiva de manipulação, por isso não podem ser mimados. Isso significa que eles não sabem associar que comportamentos negativos podem recompensá-los, por exemplo, “se eu chorar vão me pegar no colo” ou “se eu chorar vão me dar comida”. Saiba que sempre que seu bebê chorar é porque ele precisa de alguma coisa. O choro é o principal meio que ele tem para comunicar que precisa de alguma coisa, seja um incomodo, fome ou simplesmente ele quer estar pertinho de você porque isso o acalma.

Ainda não cheguei nessa fase, mas muitos estudos mostram que entre 10 e 12 meses o bebê começa a ter noção de “ação e reação”, ou seja, ele passa a perceber que existe uma relação direta entre ele chorar e você tomar uma atitude. A partir daí você pode começar a redirecioná-lo para certos comportamentos e definir alguns limites. Coração de mãe sempre sabe a dose certa de amor e orientação. Mas, enquanto ele for um bebezinho, o foco deve ser dar atenção e conforto que ele precisa. Não importa o quanto, eles são a prova de mimo!

1 Comentário
Categorias: CONVERSINHA, para mamães

Comments

  1. Seu diário virtual é magnífico. Percebi que você escreve sobre matéria diverso.
    Podia fazer uma postagem unicamente sobre homem moderno, se precisar passo pista.

Speak Your Mind

*